SGMJ

Notícias da SGMJ

Prémio Europeu de Prevenção da Criminalidade: projeto nacional selecionado

Selecionado o "Projeto PROTEUS: apoio a vítimas de furto de identidade e fraude de identidade" como projeto nacional candidato ao Prémio.
25 out 2017, 16:15
Rede Europeia de Prevenção da Criminalidade
Rede Europeia de Prevenção da Criminalidade

O Prémio Europeu de Prevenção da Criminalidade da Rede Europeia de Prevenção da Criminalidade (REPC) é atribuído no âmbito da Conferência de Boas Práticas, e este ano irá decorrer no final do ano, sob a presidência da Estónia. A temática é a Cyber Safety e cada Estado Membro pode apresentar os projetos de prevenção criminal que entender, seguindo as regras e procedimentos estabelecidos pela REPC, sendo que só um destes projetos, selecionados por um júri nacional, poderá concorrer ao Prémio Europeu. O Prémio é constituído por um primeiro lugar (€10.000,00) e duas menções honrosas (€5.000,00 cada), sendo que todos os projetos a concurso devem ser apresentados na Conferência de Boas Práticas, que irá decorrer em Talim, em 14 e 15 de dezembro de 2017.

No âmbito desta representação, prosseguindo um dos objetivos da REPC, foram desenvolvidos os procedimentos para o apuramento do projeto nacional que irá concorrer, em representação de Portugal, ao Prémio Europeu de Prevenção da Criminalidade.

Foram candidatos os seguintes projetos:

•       “Projeto PROTEUS: apoio a vítimas de furto de identidade e fraude de identidade” desenvolvido pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima;

•      “Safer Internet – CyberGNRation” desenvolvido pela Guarda Nacional Republicana.

Um júri selecionado, constituído por três elementos, procedeu à análise do projetos e concluiu pela seleção do “Projeto PROTEUS: apoio a vítimas de furto de identidade e fraude de identidade” desenvolvido pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

Em 16 de outubro, foi o mesmo remetido para a REPC em representação do contributo de Portugal.

Atendendo à qualidade e mérito do projeto da Guarda Nacional Republicana, foi igualmente remetido o projeto “Safer Internet – CyberGNRation”, como projeto adicional, relevante para as Boas Práticas em matéria de prevenção criminal.